Uma noite de Natal
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Certo dia, encontrei um menino que se chamava  Pedrinho.

Ele tinha nove anos, estudava perto de casa, onde vivia com seus pais e mais cinco irmãos.

 

                                                                               
 Sua família era muito  humilde, pois seu pai, trabalhador de um Parque  ambiental, todas as manhãs  saía de de casa bem cedinho para  ganhar algum dinheiro para o sustento de sua família.


 Era muito difícil a vida da família de Pedro.

Sua mãe não podia ajudar seu pai,

pois precisava tratar de seus irmãos menores.
 

O trabalho de seu Júlio, pai de Pedro era muito interessante. 

 

Ele  recolhia diariamente  o lixo que era  jogado  no parque , pelos visitantes.
 Os  Turistas gostavam bastante de visitar esse lugar , pois  lá havia  muitas plantas, lago, alguns pássaros silvestres, muitas flores e  lugares agradáveis  para  ler um bom livro ou  brincar.

Muitas famílias procuravam esse parque nos finais de semana.

Em dezembro, o Parque  ficava muito bonito, pois era armada uma grande árvore de Natal iluminada   para atrair  mais pessoas ao local e com isso , o parque ficava mais sujo ainda e seu Julio ficava  trabalhando muitas vezes até tarde , para manter o Parque sempre bem limpinho.

 

 

 Um dia, ao chegar em casa, Pedro perguntou ao Pai:

 

 


 

- Papai, porque  em nossa  casa não comemoramos o Natal como nas casas de meus colegas da escola?
 

Eles  me falaram que  no Natal , ganhamos , presentes , fazemos uma ceia farta , com muitas  comidas gostosas e convidamos  nossos amigos para virem ceiar conosco.


 

Por que não fazemos assim também?

 Seu Julio olhou para Pedro  e falou:
 -Meu filho,  a noite  de Natal  é uma festa  muito especial  para o mundo todo.

Nessa Noite , festejamos o   nascimento do Menino Jesus, que veio ao mundo trazendo para todos os homens, uma mensagem de fé esperança e sabedoria do amor.

É esse o significado  do Natal.

E para  que  possamos  compartilhar dessa festa, não precisamos de uma mesa farta , nem presentes caros. Precisamos estar juntos, unidos pela fé em  Cristo e rezando pelo mundo.

Pedro ficou muito  feliz com os ensinamentos do pai e pediu para que ele levasse sua família  ao Parque para ver  a grande Árvore  iluminada. 

 

Sr Julio  então, preparou  seus filhos e os levou  ao Parque.  

Quando lá chegaram , ficaram encantados com a  Árvore  de Natal e lá ajoelharam e rezaram pela Paz no Mundo.

                                           História de Helô Argento