Um dia, por ordem de minha vovozinha fui ao bosque procurar cogumelos para o almoço. Encontrei alguns muito bonitos, grandes e coloridos, e com eles enchi minha cestinha.

- Olhe só, vovozinha! - eu disse, ao chegar em casa.

Eu trouxe os mais bonitos que encontrei . . . veja que vermelho vivo!

Havia outros, mas estavam murchos e eu não quis trazê-los.

- Minha filha - respondeu minha vovozinha - esses murchos são os que eu sempre colhi. Você se deixou levar pela falsa aparência e trouxe para casa cogumelos venenosos. Se nós comêssemos, poderíamos ficar doentes ou até morrer . . .

Compreendi, então, que não devia me deixar levar pela bela aparência das coisas que, às vezes, podem esconder um mal desconhecido.

As aparências enganam.

Ajude a vestir o Guilherme, clique aqui

ou volte a me vestir!