Num dia muito frio, uma bela rainha estava sentada perto da janela, bordando um lençol de nenê. Sem querer, ele espetou o dedo na agulha e caíram três gotas de sangue. Então a rainha olhou para fora e fez um pedido:

- Quero ter uma filha de pele branca como a neve que está caindo, cabelos pretos como a madeira desta janela e boca vermelha como o sangue que saiu do meu dedo.

Alguns meses depois, a rainha deu à luz uma menina do jeitinho que tinha pedido.

E resolveu chamá-la de Branca de Neve.

Dia e noite ela ficava do lado da filha, cuidando dela com muito amor e carinho.

Mas a rainha morreu antes de criar a filha como queria.

O rei chorou durante meses, até que conheceu uma princesa lindíssima e se casou com ela. A princesa só tinha beleza, porque o resto nela era só vaidade, orgulho e malvadeza. O dia todo ficava na frente do espelho, perguntando:

- Espelho, espelho meu, existe no mundo mulher mais bonita do que eu?

 

 

 

E o espelho, que era mágico, dizia:

- Não, rainha, você é a mais linda.

Enquanto a rainha conversava com o espelho,

 

Branca de Neve crescia bonita

 

como ela só, era de uma formosura que não tinha igual no planeta inteiro.

Tanto assim que um dia a rainha ouviu do espelho uma resposta que não esperava:

 

- Sim, existe outra muito mais bonita que você.

- E quem é essa atrevida? - perguntou ela.

- Branca de Neve!

Desde então a rainha que era má, começou ameaçá-la.

 

Branca de Neve com medo foi se refugiar na floresta,na casa dos sete anões.

 

 

 

 

 

 

 

Foi muito bem aceita pelos anões,

pois ela cozinhava, lavava e passava para os sete anõezinhos.

Todos eram felizes naquela casa.

Todos os dias como de costume os anões saíam para trabalhar e deixavamBranca de Neve cuidando da casa.

 

Enquanto isso a rainha preparava um plano mirabolante,

 

 

transforma-se na bruxa mais horripilante e má. . . .

 

 

 

 

 

De repente surpreendentemente aparece na janela uma velhinha pedindo água à Branca de Neve.

Ela muito boa recebe a velha e esta em agradecimento oferece à Branca de Neve uma maçã, e pede a ela que dê uma mordida e faça um pedido.

 

Mal sabia ela que aquela velha era a rainha, sua madrasta,aplicando-lhe o golpe fatal.

 

 

 

 

 

 

Infelizmente Branca de Neve não resistiu e caiu no sono da morte.

 

 

O anões chegaram logo após, mas não conseguiram impedir que mordesse a maçã, mas conseguiram finalmente acabar com a bruxa, perseguiram-na até que despencou de um penhasco, morrendo em seguida.

 

 

 

A tristeza toma conta dos anõezinhos.

 

Quando de repente um jovem aproxima-se de Branca de Neve, naquele sono profundo e lhe dá um beijo apaixonado.

 

 

 

 

Imediatamente Branca de Neve desperta do sono da morte e vai embora com seu príncipe, agradecendo aos anões por tudo que fizeram por ela.