Na fasta savana africana, os grandes elefantes, as zebras e as girafas estão se reunindo.

 

Todos vão celebrar um nascimento na Terra dos Leões.

 

Rafiki, o velho babuíno, levanta Simba bem alto para que todos os animais possam admirá-lo.

 

 

 

 

Viva o novo Príncipe!

 

 

 

 

 

 

 

 

- Veja, Simba, nosso território é muito grande. Uma noite

 

não é o bastante para percorrê-lo de uma extremidade à outra. Um dia, você será o rei disso tudo.

 

- Nala pode vir brincar comigo?

 

 

 

- É claro, Simba assim que ela terminar seu banho. Não vai demorar muito.

 

 

 

Dando ouvidos ao seu malvado tio Scar, Simba convence a amiga Nala a ir com ele ao cemitério dos elefantes.

Lá os leõezinhos são atacados pelas hienas, mas Mufasa os salva do perigo!

 

Mas eles não param de aprontar!

- Calma, Simba! Você está indo muito rápido!

Você viu como esse gafanhoto pula alto?

- Apresse-se, Nala!

Os avestruzes estão nos esperando para uma corrida!

- Tio Scar! Meu pai disse que um dia eu serei rei!

- Você ainda é bem jovem, meu sobrinho.

Divirta-se, aproveite a vida, brinque com seus amigos.

Scar prepara outra armadilha para Simba, provocando o estouro de um rebanho de alces.

         

Desta vez o desfecho é terrível.

O rei salva o filho, mas Scar o empurra para o precipício e Mufasa morre pisoteado pelos animais. Simba se sente culpado e foge.

O cruel Scar se torna o rei da selva.

Enquanto caminha, Simba encontra Timon... e Pumbaa

- Está bem, Timon. Eu vou experimentar isso, mas será para agradar você!...Sopa de insetos!

- A gente se vê depois da sesta, está bem, Simba?

 

 

- Eu também vou tirar um cochilo - disse Pumbaa.

- Acho que o lanche de timon me embrulhou o estômago.

 

 

- Acordem todos! Vamos brincar de esconde-esconde!

 

 

 

 

Anos depois, quando os animais da selva pensavam que Simba estivesse morto, Nala o encontra vivendo em companhia de Pumbaa e Timon

 

Nala então lhe conta as maldades de Scar

 

 

 

e pede que ele volte para recuperar o trono de seu pai.

 

 

 

 

 

Cercados pelas chamas, Simba e seu tio traidor se enfrentam em uma luta sangrenta, que leva Scar a seu merecido castigo.

Logo Simba e Nala terão seus filhotes.

 

 

 

Algum dia, o sábio babuíno Rafiki o apresentará a todos como o futuro rei da selva e assim terá início um novo ciclo de vida.